segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Pérola internada... meu coração tristinho!

Essa semana foi muito triste pra mim, depois da viagem do maridão,  minha linda e amada filha Pérola foi internada pela primeira vez. Tive que ser muito forte, pois ela precisava de mim, já que meu marido esta longe. Sei que para ele é muito difícil saber que ela esta doente e ele não esta perto. Ainda tive que me afastar do meu Pablo, que com certeza sentiu falta de mim e ainda mais da irmãzinha.

Tudo começou na quarta-feira pela manhã quando eu estava trabalhando e minha mãe ligou pra mim dizendo que minha Pérola estava com febre.  Trabalho próximo a casa da minha mãe e fui correndo para casa. Depois de verificar a temperatura e ver que ela estava com 39° de febre dei Novalgina sabor framboesa para ela (até então o ÚNICO realmente que ela já tinha tomada nesses 6 anos de vida).

Voltei para o trabalho preocupada e com ajuda de uma colega que ficou de fazer meu serviço fui para casa. A febre baixou e ela ficou animada, brincou. Porém no final da tarde ela voltou a ter febre e eu a mediquei de novo, dizendo que se não passasse levaria ela para o medico ainda aquela noite.

A febre cedeu mais uma vez, mas,de madrugada por volta das 3 horas da manhã ela acordou me pedindo água fui na cozinha com ela e aproveitei para pegar o termômetro e tirar de novo sua temperatura... de repente ela começou a andar de forma descompassada e quando fui atrás dela ela caiu no chão. Dei um grito! Corri peguei ela no colo, coloquei um casaco e gritei para que pedissem um taxi. (tenho carro mas não sei dirigir...assunto para outro post).



Fui correndo para o hospital e ao chegar lá, àquela hora da madrugada, a medica estava dormindo (e parece que continuou dormindo) e veio nos atender com uma cara.Vixe Maria!! Não deu outra, foi grossa com a minha filha e queria olhar a garganta da menina a força, ela chegou a segurar a cabeça e o maxilar da criança com tanta força que ficou marcado. Minha mãe que foi comigo pediu que ela tivesse calma, pois era uma criança, ela não gostou e mandou minha mãe fazer a consulta. Agradeci a medica e sai do consultório pediátrico e fui para o de adultos, o plantonista disse que não poderia atendê-la porque não era especialidade dele, essas coisas. Minha mãe começou a ligar para as clinicas porem aqui em Aracaju-Sergipe, os hospitais e clinicais estão sem pediatras...caso de policia mesmo, com direito a ministério publico e tudo.

Como Deus é maravilhoso colocou no nosso caminho uma enfermeira maravilhosa que tirou a temperatura da minha princesa e viu que ela estava com 39° de febre, deu dipirona e conversou comigo ate que eu me acalmei e a febre dela baixou, então ficamos esperando a troca de plantão, para que ela fosse examinada por outra medica.

Antes das 7 horas da manhã chegou outra medica que com muita paciência e carinho conseguiu examiná-la e constatou que a garganta estava inflamada, passou um antibiótico e mandou fazer um exame de sangue. Minha filha nunca tinha tido uma gripe, muito menos ficado internada, então já viu o sofrimento para colocar o soro e tira sangue, foi preciso varias pessoas para segura-la e eu como mãe me sentindo péssima em ver minha filha passando por tudo isso.

Eu como mãe não tinha muita coisa a fazer, tinha só que ser mãe e tentar fazer desse momento desagradavel  menos dificil e traumatico para ela, pedi que levassem  o travesseiro dela,  revista, lapis de cor, brinquedos e outras coisa que ela gosta e que por alguns momentos fizessem com que ela esquecesse o local onde ela se encontarava.


DEUS é maravilhoso! Minha filha está em casa e nem parece que passou por tudo isso, ele colocou pessoas maravilhosas no nosso caminho, meu filho foi amamentado, não da maneira que eu queria mas foi amamentado, consegui acalmar meu marido e consegui fazer com que ele não viesse correndo pra casa e continuasse com o curso, fiz  com que minha filha não sentisse tristeza nesse momento e fui forte como toda mãe tem que ser. Aprendi que quando aparece uma pessoa "ruim" no seu caminho, com certeza vão aparecer 1.001 pessoas maravilhosas. Também aprendi e tive certeza que sou mais forte do que eu imaginava.

15 comentários:

Blog da Fabiana disse...

Nossa imagino o q vc passou, ver um filho doente e ainda por cima ser tratado por uma pessoa grossa é horrível, mas Deus n nos desampara, ele esteve com vc o tempo todo e lhe deu forças. Que Ele encha de saúde toda a sua familia. Bjos
http://fabianatomazzelli.blogspot.com

Ana disse...

Graças a Deus ela está bem!
Me revolta maus atendimentos.
Varias mães, de vários lugares do Brasil estão reclamando sobre isso.
Um absurdo tratar uma criança assim e falar dessa maneira com o acompanhante.
É nessas horas que realmente a gente descobre uma força que nem imagina.
Beijos

Conversinha de Mãe disse...

Realmente está um absurdo o atendimento de urgencia pediátrica em nosso Estado. É um caso que precisa urgentemente de solução e posicionamento responsável do Judiciário. Lamento muito pelo q vc passou com sua filha. Essa médica deveria ser denunciada à direção do hospital onde trabalha, À Sociedade de Pediatria e ao Conselho Regional de Medicina. Um abraço, Edjane Oliveira (também mãe)
www.conversinhademae.blogspot.com

Débora disse...

OLha, só posso dizer que bom que tudo já passou vcs já estão bem em casa. Nem quero imaginar meu filho doente... deve ser desesperador !!! Boa semana pra vcs !

Ana Násily disse...

Olha já passei por isso com mus 2 filhos e é realmente muuio dificil e triste, ver e passr isso com nossos filhos...mas Deus sempre da o frio conforme o cobertor!
espero que sua filhota melhore logo!
tbm estou te seguindo,
bjs

Lindinha* disse...

Ufa...que sufoco ler seu post, ainda bem que no final acabou tudo bem, beijnhos para Pérola continuar melhorando.
bjs

Karina Mendes disse...

Oi Fabiana, que bom que está tudo bem agora. Menina Alice tb teve febre essa semana e ainda bem que não precisei leva-la ao médico, mas levar para onde? Com o caos da pediatria em nosso Estado, só Deus para cuidar dos nosso filhos. Essa médica deveria ser denunciada!

Miguel...Presente de Deus disse...

Oi Fabiana vim retribuir sua visita e dizer que também estou lhe seguindo.
Fiquei pasma com essa cavala que atendeu sua filha,sim cavala,porque médica que ama profissão não faria isso com ninguém principalmente com uma criança.Eu sei o que vc passou porque meu Miguel ficou internado com 4 meses,eu também fui forte mas depois que tudo tinha terminado eu adoeci,acho que foi o nervoso que eu passei naquele momento e emu marido também estava viajando,foi horrivel.Mas Deus está sempre do nosso lado,pra nos dar força e colocar pessoas boas em nossa frente.

Bjoca em vcs e adorei seu cantinho.

Carla e Miguel

Cida Kuntze disse...

Oi Fabiana!
Lendo a tua história imaginei cada cena. Fiquei triste por ter tanta gente displicente, principalmente na saúde, mas como vc falou, Deus colocou uma enfermeira maravilhosa que te acalmou e a medicou.
Querida, sem Deus pra nos ajudar realmente não somos nada.

Temos algumas coisas em comum, também tenho carro e não dirijo, mas já estou me propondo a isso, pois ano que vem terei que levar minha filha pra escola e buscar. Também porque vi o que uma amiga passou...seu esposo deu um enfarto e ela não dirigia...passaram o maior sufoco tendo carro em casa. Ela dependia de outros pra levá-la e buscá-la no hospital.
Agora ela tirou carteira. Eu até tenho, mas tenho que renovar, pois fiz e nunca usei...rsrsrs.

Minha pequena tem 5 anos e 9 meses, também nunca precisou ficar internada. Hoje vou levá-la no médico talvez, pois está febril e vomitando desde ontem. Ela é fofa, já oramos e pedimos pro Papai do Céu fazer o melhor por ela. Aceitou ir ver o doutor se não melhorar até às 19:00hs.

Amanhã venho aqui te contar se precisou ir ou não e como ela está ok?

Ahhhh...uma amiga minha que trabalhou no hospital me contou que vários médicos dormem nos plantões e se são acordados ficam uma fera. Pode isso? misericóridia!

Beijinhos.

Fadica Apaixonada!! disse...

Ain fabiana..imagino como não foi o sofrimento..mas que bom que ela tah bem! Pena ela ver as coisas e não poder comer neh???

Fiquei bem preocupada, pq te conheço a tão pouco tempo e gosto de gracinha de vcs...ainda mais perolza e pabloo!

beijocas

Dani, a Mãe da Flor disse...

Ai tadinha!!! Das duas!!
MF internou 10 dias com 5 meses e foram os piores dias da minha vida...
Te entendo bem.
Que bom que ela já está melhor e vc foi bem forte!! Parabéns!!
Bjs!!
http://jardimdeamores.blogspot.com/

Cida Kuntze disse...

Oi Fabiana!
Voltei pra te contar que minha filha já melhorou. Hoje acordou bem, está disposta e comendo sem vomitar.
Ela está só com um pouco de tosse, mas nada de febre e dormiu a noite toda.
Obrigado Senhor!

Um beijo querida e mais uma coisa...a minha sobrinha mais velha se chama Juliana...srsrs.

Beta, a mãe disse...

Oi Fabiana, fiquei feliz pela visitinha no meu blog. Sobre a internação da sua fofa, eu já estou escolada, por aqui a Bia já passou por isso tudo incontáveis vezes, nem sei mais quantas. Dói eu sei, mas chega uma hora que acaba ficando mais suportável. Beijos e obrigada pela visita novamente.

Mafalda S. disse...

Bem, que susto! Graças a Deus que já está tudo bem. Dias melhores virão, acredita!
Beijinhos

Lindinha* disse...

Obrigada pela visita, já estou te seguindo faz uns dias ;)
bjs

Layout por Flavinha Garota de Aquario